sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Os dez primeiros da história !!!

1° da lista!!
 
Muitas vezes já abordei essa duvida aqui. Qual o melhor tempo na história de um carro tração dianteira, de (monobloco), em uma pista de 1/4 de milha.
Lógico que ao estilo "FLD" (aliviado), ou seja, monobloco/carroceria de aço e o resto em partes de fibra de vidro/carbono; como portas, porta malas e frente inteira.
Busquei carros que utilizavam a base da mecânica original, ou seja, bloco, cabeçote e carcaça de câmbio originais de fabrica. Esqueçam os Pro FWD (carros com chassis tubulares)!
Também existem diferenças de regulamento, tratamento de pista, clima local, altitude e condições gerais entre os países que detém essas melhores marcas de tempo. Ou seja, pura curiosidade de um alucinado pelos FWD, e uma pequena "cutucadinha" nos gringos!
Até um tempo atrás (2015), eu imaginava que o melhor tempo seria do piloto e construtor de carros "Ron Lummus" (mestre dos VW a ar), que em outubro de 2005, marcou 7.779s à 186.38mp/h, com seu Pontiac Sunfire tração dianteira na extinta categoria "Hot Rod FWD." Quando escrevi este assunto pela última vez em 2015, naquela época, ele já era o segundo melhor da história (eu não sabia)! O primeiro tempo é desse cidadão da foto aí acima, mas vamos falar dele depois.
Em 2016.........continua na foto abaixo;

2° da lista!
 
O piloto James Kempf (EUA), hoje na segunda posição desta lista, fez história ao marcar 7.615 segundos à 202.88 mp/h, em novembro de 2016!
Seu Honda Civic nem é ao estilo "FLD" brazucas, pois participa de uma categoria chamada "Outlaw FWD", que usa o monobloco inteiro, usando as partes da frente (para-lama, para-choque e capô) nos locais originais de fabrica, mesmo que sejam de fibra. Por exemplo; a "FLD" usa a frente inteira de fibra e não tem a chamada "mini-frente" de lata, que faz parte do monobloco, já na "Outlaw" americana, precisa ter a "mini-frente" original. Outra diferença nos "Outlaw", é que as alavancas "in-line" são proibidas, sendo exigido o uso das alavancas em "H", usa também os vidros originais como nos "DT-A", os pneus são 26x10-15 e as "wheelie bar" são proibidas. Esse carro utiliza turbina de 86mm de eixo e tem potência em torno de 1600 cv! Resumindo; ele está entre um "DT-A e um "FLD" , puxando mais para o lado dos "DT-A."

3° da lista!
 
O terceiro da lista, este sim é muito parecido com nossos "FLD", um desconhecido "Plymouth Laser 1991", um Mitsubishi tração dianteira da equipe "Kiggly Racing", que só não poderia correr aqui no brasil, pois utiliza câmbio automático, fora isso é um legítimo "FLD." Esse carro está em constante desenvolvimento e já tinha visto alguns vídeos dele no Youtube, só não imaginava que hoje ele tem o tempo de 7.687 segundos à 192.02mp/h. Mesmo torcendo o nariz com o câmbio automático, não tem como não dar o parabéns para esse carro e sua equipe!

4° da lista!
 
O quarto melhor tempo da história é do piloto Brian Jimenez, com o Cobalt Azul da foto acima. Aí alguém vai me falar; "Mas esse é um Pro FWD!...olha o Cobalt  Red Bull do Gary Gardella largando ao lado!"
"NÃO AMIGUINHO, NÃO É!!"
Ele participava com seu Cobalt monobloco da categoria "Pro Fwd", pois seu carro tinha alguns itens fora de regulamento para participar da "Hot Rod Fwd", também existiam outros fatores que não sabemos, como patrocínios e envolvimento com a GM nos carros principais da categoria.
Resumindo, ele enfiou um 7.721 segundos à 182 mp/h, em outubro de 2006.

5° da lista (empate)
 
E olha quem é o quinto da história! Ele mesmo, João Roberto Tasso, o "Tiozinho", que assombrou a categoria "FLD" ao marcar 7.779 segundos a 301 km/h (188.1 mp/h), em novembro de 2017 com seu Gol FLD. Orgulho brasileiro e sério candidato a ser o numero 1 em breve! Curiosamente, empatado em quinto lugar, com o grande "Ron Lummus" da foto abaixo e seu Pontiac Sunfire.

5° da lista (empate)
 
Apesar estar separado por mais de 12 anos, o tempo é igual ao do João; 7.779 segundos, e a velocidade bem próxima também; 186.38mp/h. 

 6° da lista!
 
Já falei muitas vezes dela aqui, Stephanie Eggum! Essa mulher fez história a bordo de um Honda Civic, sendo o primeiro Honda tração dianteira andar na casa dos 7 segundos, isso em 2006, ela marcou o tempo de 7.874 segundos à 184.32 mp/h, em outubro de 2007. Infelizmente em 2013, num salto de paraquedas, ela teve problemas e mesmo abrindo o paraquedas reserva, o impacto com o solo foi muito grande, faleceu depois de passar dois dias no hospital. Uma baita mulher, que foi muito antes para a tristeza de todos. Que esteja com Deus!

7° da lista!
 
Esse cara eu pagava um pau! Mike Crowford, ele sempre correu com Dodge´s Neon, e eu sou um cara que gosta de algo diferente, só ver meus ex-carros e o atual; saveiro na época todos de gol, brasilia numa época só de fuscas, e agora o passat!.. hehe, da pra ver que meu gosto meio exótico! 
Em meados de 1999 ele andava com um Neon verde, que só podíamos ver as informações nas revistas "Turbo & High Tech Performance", pois a internet não funcionava e os sites estavam dando seus primeiros passos. Com o Neon STR-4 da foto, Mike estampou 7.903 segundos à 188.70 mp/h, em outubro de 2006.
 
8° da lista!
 
Mais um brasileiro que chegou na casa dos 7 segundos e agora faz parte da lista! Leandro Branco com seu temporal de 7.907 segundos à 292 km/h (182.5 mp/h) em novembro de 2017. Esse carro vem forte para a briga do recorde mundial, pois o Leandro tem muita experiência nos FLD e com certeza vem para tempos mais baixos!
 
9° da lista!

Esse também é uma lenda dos "imports" nos EUA, com seu Toyota Scion TC, Kenny Tran marcou 7.911 segundos à 178.05 mp/h, em outubro de 2007! O carro era lindo e tracionava demais na época! Saudades de ver esses caras andando.

 10° da lista!
 
Esse também merece aplausos! José Roberto Pasqualete Jr, o famoso homem da "Marea DT-A", também entrou na casa dos 7 segundos com seu Gol FLD, marcando 7.932 segundos a 289km (180.6 mp/h), também vem forte para melhorar essa lista! Aliás, acho que sei em quem o Pasqualete se inspirou para pintar seu carro, é só olhar o nono da lista...rsrsr!

 Apesar dele não estar na lista, meu amigo Sergio "Sapinho" Ganga, seria o décimo primeiro lugar na lista. Em 2015 fez história sendo o primeiro a entrar na casa dos 7 segundos com um Vw tração dianteira, fez seu tempo mais baixo marcando 7.948 segundos a 305 km/h (190.6 mp/h). Parabéns Sapo, você é um apaixonado pelos tração dianteira e manteve erguida a bandeira da categoria, graças a você, ela continua sendo uma das categorias mais bonitas de ver passar. E que venha recorde com o novo projeto!

Bom, chegamos na história dele, do líder da lista lá da primeira foto! Nada mais, nada menos que Gary Gardella e seu lindo Cobalt monobloco. Fez o impressionante tempo de 7.565 segundos à 185.82 mp/h, ou seja, o menor tempo da história! Ele também foi dono do famoso "PRO FWD" patrocinado pela "Red Bull" e tem o segundo melhor tempo de um dianteira com chassis tubular; 7.102 segundos à 210.28 mp/h, perdendo apenas para o famoso tempo do Cris Rado; 6.870 segundos (único FWD na história a andar na casa dos 6 segundos). Aliás, o tempo do Gardella aparece em primeiro em algumas listas, já que fez esse tempo andando pelo regulamento da "Pro Fwd", enquanto o tempo do Cris Rado foi em uma prova de exibição, com o carro fora do regulamento. Parabéns Gardella, você tem o recorde a mais de 12 anos, mas tem uma turminha brasileira que em breve vai assumir seu trono!

Sempre pesquisava listas e a história dos FWD na arrancada mundial, mas as informações são misturadas e na maioria das vezes eu ficava em duvida de alguns tempos de pista. Tudo se resolveu com esse site, muito top e com muita informação sobre carros "import", chamado por eles. São especializados em listas dos "Top 10" de várias categorias e fazem matérias constantemente. A lista que fiz acima foi baseada na deles. Tomei a liberdade de incluir os carros brasileiros, algo que ainda não aconteceu no site americano. Estou enviando dados dos recordes brasileiros e filmagens de pista para analise e futura inclusão dos nossos "brazucas" na lista. Não percam de conferir o "Drag Import News", clicando nas palavras abaixo;

- Drag Import News

- Lista Top 10

Abraço a todos e espero que tenham gostado da matéria!

Fotos: Drag Import News, Speed Factory, Haltech, 1320drag.net,  Dragster Brasil, Import Tuner, Autodynamics e Modefied.com

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Desafio dos Campeões VP !!!

Fim de semana tem diversão "ao-vivo" na melhor pista de arrancada do Brasil! Desafio dos campeões será imperdível, em breve posto o link da transmissão "ao-vivo" pelo Hotcampinas!

Calendário ECPA 2018 !!!

Fiquem de olho nas etapas do campeonato paulista no ECPA!

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Paulista no ECPA, conheça as mudanças nas categorias !!!

Daqui a duas semanas e meia, começa o campeonato paulista de arrancada na pista de Piracicaba, com muitas novidades em termos de regulamento, novas categorias e "mudanças" que prometem esquentar o campeonato.

Conheça essas mudanças:

- Começando pelas categorias "desafio", agora com novo nome e novo tempo "alvo."
As novas "7.0 Outlaw", "7.5 Outlaw" e "8.0 Outlaw", que não existiam no ano passado dão espaço para carros mais rápidos. Continuam as categorias que já existiam; "Desafio 8.5" e a "Desafio 9.0." A categoria "9.5 segundos" foi extinta, devido ao baixo numero de inscritos na temporada de 2017.
São as mesmas categorias do "Street Drag", mas com algumas mudanças devido a exigência da federação. Com certeza serão categorias extremamente disputadas e com muitos participantes.

- Outra categoria que entrou este ano é a DT-BS (dianteira turbo B - Slicks), que é exatamente a categoria turbo B em termos de regulamento, mas com restrição de tamanho de turbina e com pneus "slick´s" liberados.

- Outra mudança aconteceu na categoria TST, que agora permite o uso do "gear controler", ou seja, o módulo eletrônico para engatar a marcha sem o uso da embreagem.

- Uma das maiores mudanças ficou com a categoria TT-B, agora qualquer carro tração traseira, com qualquer tipo de motor e cabeçote poderá andar. Todas divididas por peso, ou seja, quanto maior o motor em termos de cilindros, maior o peso que ele vai ter que carregar. Também à diferença de tamanho de turbina para os motores pequenos e grandes. Na teoria um Chevette AP 16v pode andar na TT-B, pois ele vai carregar mais peso que um Chevette AP 8v. Até um 8 cilindros pode andar, desde que respeite o peso mínimo dele no regulamento e utilize o mesmo pneu "Drag-Dot".
Essa categoria promete! Imaginem Fuscas, Opalas, Chevettes e até um V8 na categoria, será incrível!

- Agora as categorias FLD e FLT, andam juntas. Esse formato já acontece em algumas pistas brasileiras e o ECPA adotou essa união também.

- Algumas categorias foram retiradas do campeonato por motivo de segurança. As categorias "Drag", "Pro-Mod" e "XTM" não farão parte do campeonato. Também não serão sentidas, pois a muito tempo essas categorias não tem participantes no ECPA.

- Algumas "idéias" que não estão no regulamento, serão apresentadas no "briefing" de pilotos na etapa, para que façam parte de uma idéia futura de diminuição de custos para os pilotos participantes, com o objetivo de tornar a arrancada brasileira para todos, e não para meia dúzia de pilotos.

Veja abaixo as categorias:

  • Desafio Outlaw 7.0 Segundos
  • Desafio Outlaw 7.5 Segundos
  • Desafio Outlaw 8.0 Segundos
  • Desafio 8.5 Segundos
  • Desafio 9.0 Segundos
  • Dragster Junior
  • Traseira Street Turbo - TST
  • Street Tração Traseira - STT
  • Turbo Traseira - A TTA
  • Força Livre - FL
  • Traseira Turbo - B TTB
  • Traseira Super - TS
  • Traseira Original - TO
  • Dianteira Turbo - B SLICK - DTBS
  • Dianteira Turbo - A
  • Dianteira Turbo - B
  • Dianteira Turbo - C
  • Dianteira Super - DS
  • Dianteira Original - DO

  • Clique aqui para ler os regulamentos de cada categoria: ECPA

    Abraço a todos e até breve!!

    segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

    Street Drag 2018 começando !!!

    Fala cambadinha, td blz! Começa neste próximo fim de semana o tão aguardado "Street Drag 2018."
    Totalmente reformulado para esse ano, regulamento que tive o imenso prazer em escrever. Aproveito para agradecer a confiança que o Fred e a Dani depositaram em mim, me dando a total liberdade para fazer o regulamento que acredito ser o ideal para a necessidade de todos, ou quase todos.
    Novas categorias de tempo, e mais liberdade para preparar os carros, com o mínimo de "mimimi" necessário nas categorias, ou seja, categorias reais, justas e competitivas para todos. Com um ótimo custo benefício, já que a inscrição continua o mesmo valor do ano passado (R$180,00), agora somando as melhorias para esse ano e a já conhecida estrutura do ECPA, com a melhor cronometragem do brasil, Cronos Cronometragem.

    Veja abaixo o regulamento por completo e as novas categorias de tempo. Abraço a todos!!

     
    Street Drag ECPA 2018
    Regulamento e Informações

     
    - Horários:

    10:00hs - abertura dos portões.

    13:00hs - briefing obrigatório.

    14:00hs às 20:00hs - pista liberada com cronometragem, valendo classificação para todas as categorias.

    20:00hs às 21:00hs - “mata-mata” para todas as categorias.

    21:30hs - premiação de todas as categorias.

     - Categorias :

    7.0 segundos

    7.5 segundos

    8.0 segundos

    8.5 segundos

    9.0 segundos

     - Regulamento:

    - Categorias (8.0, 8.5 e 9.0) segundos.

    Obrigatório para todos os carros destas categorias;

    Banco, original ou “concha” bem fixado (liberado ser montado nos trilhos originais), cinto de segurança em perfeito funcionamento, capacete em perfeitas condições, blusa de manga comprida, calça jeans, tênis de amarrar, extintor carregado em dia e pneus em boas condições (este item será rigorosamente fiscalizado).

    Não será obrigatório o uso de gaiola de proteção (santo-antônio) para essas categorias.

    Fica liberada a retirada de alguns itens originais internos de acabamento, desde que não comprometam a segurança do piloto. Os bancos do passageiro e traseiro podem ser retirados.

    Pneus liberados: radiais, do tipo “Drag-Dot” e Slicks (M/T, Hoosier, etc).

    Os pneus devem estar em ótimas condições, item que será cobrado pelo vistoriador do evento. Caso os pneus dianteiros, ou traseiros não apresentem condição de uso, o piloto não poderá participar do evento.

    Obrigatório o uso de “bandejão” de contenção de óleo e reservatório do respiro de óleo do motor para essas categorias.

    Carros originais de fábrica que se enquadrem nestas categorias, não serão obrigados a usar bandejão e respiro de óleo do motor (será avaliado pelo vistoriador se o carro se enquadra neste item).

    É permitida a retirada de itens originais internos, desde que não comprometam a segurança do piloto.

     - Categorias (7.0 e 7.5s) segundos.

    Obrigatório para carros que participem destas categorias (arrancada, rachão).

    Bandejão, reservatório do respiro de óleo do motor, gaiola de proteção (santo-antônio), banco de competição bem fixado (caso o banco for de alumínio é obrigatório o reforço na parte traseira superior, ligando-o no “santo-antônio”), cinto de segurança de 4 pontos ou mais, paraquedas (para veículos que atingirem ou superarem a velocidade de 175km/h em 201 metros), extintor carregado e em dia e gancho para reboque. Capacete em perfeitas condições e indumentária completa de corrida; macacão, sapatilha, luvas e colar cervical.

    Pneus liberados: radiais, do tipo “Drag Dot” e Slicks (M/T, Hoosier, etc). Os pneus devem estar em ótimas condições, item que será cobrado pelo vistoriador do evento. Caso os pneus dianteiros, ou traseiros não apresentem condição de uso, o piloto não poderá participar do evento.

    Fica liberada a retirada de itens internos, como carpetes, banco do passageiro e banco traseiro para melhor acomodação da gaiola de proteção.

    Se algum carro importado ou nacional, com características originais de fabrica, que se enquadrem nas categorias (7.0 e 7.5s), tiverem “air-bags” originais de fábrica, não será obrigatória a gaiola de proteção (santo-antônio) e paraquedas, porem não podem ter nenhum alivio de peso, mantendo suas características internas originais de fabrica. Caso esses carros citados tiverem com algum alivio de peso interno, como falta de bancos, carpete e acabamentos internos, eles serão obrigados a ter gaiola de proteção e paraquedas. Estes carros também se enquadram na regra de velocidade do paraquedas (* ver nas regras gerais).

    Estes carros serão avaliados e classificados pelo vistoriador para ver se estão dentro das regras citadas acima. Caso não seja possível, devido a qualquer “duvida” em relação a sua segurança, ou “fora de regulamento”, o carro será encaminhado para a categoria acima (8.0 segundos).

     - Regras Gerais

    Serão permitidos na competição, carros nacionais e importados, de todos os tipos de tração. Não serão permitidos nesta competição; carros com chassis tubulares, ou com carrocerias de fibra de vidro ou carbono. Proibido carros conversíveis e motos neste evento.

    As mudanças (preparação) de motor (no geral), câmbio, suspensão e escapamento são liberados em todas as categorias.

    *Qualquer carro inscrito que atingir a velocidade igual, ou superior a 175km/h, será obrigado a instalar o paraquedas para a próximo evento desta competição.

    - Critério de tempo para classificação

    O tempo será validado a partir do tempo “base” de cada categoria. Ou seja, o piloto tem seu tempo validado a partir do tempo fixado da categoria, mais o tempo de reação.

    Segue exemplo que serve para todas as categorias;

    Na categoria 8.0 (por exemplo), o piloto marca 8.050 segundos de pista, mais uma reação de 0.140 segundos, o total será de 8.190 segundos (esse tempo total será válido para classificação e mata-mata). Caso esse piloto marque no tempo de pista, qualquer tempo abaixo de 8.000 segundos (na categoria 8.0s), ou seja, a partir de 7.999 segundos, seu tempo será invalidado. Este exemplo é para todas as categorias, usando o tempo base de cada.

    O “mata-mata” terá o seguinte critério de classificação. As categorias que contarem com até 20 (vinte) carros inscritos, os 08 (oito) primeiros vão para o “mata-mata”. Acima de 20 carros, os 16 (dezesseis) primeiros vão para o “mata-mata”. Para categorias que não atingirem 10 (dez) carros inscritos, apenas os 04 (quatro) primeiros participarão do “mata-mata.”

    Caso o piloto faça um tempo de pista de meio segundo (.500s), abaixo do tempo de sua categoria, ele tomará uma advertência da direção de prova, e caso essa situação se repita em outra puxada classificatória, esse piloto será excluído da competição. Caso se mostre para o diretor de prova, algo perigoso, ou de desrespeito às regras, esse piloto será excluído do evento e de qualquer competição futura deste evento.

    - A migração de categoria é permitida e o piloto tem direito de fazer caso ele decida que seu carro se enquadre melhor em outra categoria de tempo.  Os tempos obtidos pelo piloto antes da mudança para outra categoria serão excluídos pela cronometragem. É permitido fazer essa mudança, uma (01) vez por piloto inscrito e pode ser feita a qualquer momento da prova. O carro tem que estar de acordo com as regras da nova categoria em que irá participar.

    - É permitido participar com o mesmo carro em mais categorias, desde que seja com pilotos diferentes. O carro deve estar de acordo com ambas às categorias que vão participar. São proibidas duas inscrições de um carro na mesma categoria, mesmo com pilotos diferentes.

    - Cronometragem do evento será divulgada no “banner” da etapa

    - Bebida alcoolica – Proibida a entrada com bebida alcoolica, os carros serão revistados na entrada do Evento. É proibida a ingestão e/ ou circulação de qualquer bebida alcoólica, tóxicos e drogas de qualquer espécie na área dos boxes e pista. Caso isto venha a ocorrer, referida mercadoria poderá ser apreendida pela Segurança do evento, ficando o infrator sujeito à exclusão/ desclassificação, bem como a outras sanções legais em vigor.

    - Inscrição: R$180,00 (antecipado). Após data limite, o valor será de R$230,00 (da direito ao piloto + 01 credencial)

    - Premiação: Troféu para o campeão e Vice-campeão de cada categoria.

    - Valor entrada público: R$15,00

    - Estacionamento: R$15,00

    Conta para depósito:
     Banco do Brasil

    Agência: 4252-8

    C/C: 10300-4

    ECPA

    CNPJ: 60.726.700/0001-90

    Identificar pelo CPF

    ECPA – 19 – 97403-7683/ 3438-7174

    sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

    Teco Soldas !!!

     Passei hoje no meu amigo Teco e resolvi tirar umas fotos dos trabalhos que ele faz por lá! Pressurização de alumínio para carros turbo, fabricação de saída de escape em Inox e até coletores de escapamento em Inox, fabricação de "Intercoolers" e "Icecoolers", caixas de  gelo para "Ice", reservatórios de óleo em alumínio, tanques de combustível em alumínio, fabricação de gaiolas de proteção, instalação de bancos de competição, ganchos de reboque, paraquedas e adaptações em geral!
     
    Caixa de um tanque em alumínio e um "intercooler."
     
    Adaptações de tanques e compartimentos de acordo com seu carro.
     
     Alguns carros que estão lá. Belo chevette de rua.

     Pressurização e adaptação do corpo de borboleta.

    Peça recebe polimento ou tinta texturizada de acordo com o gosto do cliente.

    Gol de rua, pressurização completa.

    Saída de escape em inox e acabamento em alumínio.

    Gol de "Rachão" em fase de montagem.
     
     Caixa de respiro de óleo encaixa perfeitamente nos "quadradinhos."
     
     Esse G4 sou suspeito pra falar, comprei faz pouco tempo. Futuro "Coxa móvel"???...... não perco a mania de arrumar "sarna pra se coçar."

    Gaiola de proteção feita pelo Teco "padrão DT-B!" A foto saiu meio zoada, pois a tranqueira da bateria do celular estava acabando.
     
    É isso galera, quem precisar do serviço dele é só entrar em contato pelo telefone: (19) 98120-3240

    (Clique nas fotos)

    quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

    Klebinho Racing no Festival 2018 !!!

     Vou contar um pouco dos resultados dos amigos na corrida do fim de semana. Na sexta, apesar de não ter treinos, os carros já estavam a caminho da pista. O Gol do Klebinho, pilotado agora por ele mesmo na Desafio 7.5s. O "Lemão" não andava desde 2014 no ECPA. 

     O Gol Gts aspirado do Chris pela Desafio 9.0s e a Saveiro Turbo do Renan também pela Desafio 9.0s.

    O Gol aspirado e de mecânica nova do Batata, pela Desafio 7.8s.
     
    E o Gol turbo do Baiano, também pela desafio 7.8s.
     
    A grande novidade, como já contei aqui no blog, momento do briefing em que o Sr Dito Gianetti, proprietário do ECPA, comunica aos pilotos a realização do campeonato paulista 2018 em Piracicaba.
     
    Fred e Rogério ao centro, com a equipe ECPA de vistoria.
     
    Cena linda de se ver, os Opalas voltando ao ECPA!
     
    Essa aí esta dando show, uma Grand Cherokee Overland com motor Hemi de 5.7 litros e tração 4x4. Esse carro já vem com 450 cavalos de fábrica, agora tem um turbocharger + nitro com estimados 800cv. Andou na categoria 7.5s, mas fez passadas de 6.9 segundos no treino! Um monstro de rua pra levar a mãe na feira!!
     
    O Chevete do "Zé Louquinho" foi o show da etapa, recorde na FLT com 5.139 segundos de pista!
     
    Nosso amigo "Aranha" também estava por lá, andou na casa dos 5.4 segundos na TT!
     
    As categorias Desafio estão bonitas de se ver, carros de todos os tipos.
     
     Bom, vamos aos resultados da equipe. O Gol do nosso amigo Chris Bellotti na 9.0s, fez tempos na casa dos 9.0s no treino e 9.2s nas puxadas válidas, poderia ter vencido a categoria, mas as reações não ajudaram. Terminou em sexto lugar.
    "Treinar mais as reações em senhor Bellotti (rsrs)!"
    Ele está evoluindo e tenho certeza que vem bonito na categoria pelo campeonato!

    O Belo motor aspirado do GTS do Chris, andando no Etanol de posto, carro de rua com motor de pista!
     
    A Saveiro do Renan fez bonito! Venceu a categoria 9.0 segundos, com 9.213s de pista! Estreia com vitória no ECPA, parabéns Renan!! Esse carro tem muito potencial, vai baixar bem o tempo.
     
    Motor 1.9 turbo da Saveiro de rua do Renan, na casa dos 500 cv, também com Etanol de posto.
     
     Essa é a famosa "Máquina do Mal" do nosso parceiro Batata! Andou pela Desafio 7.8s e mostrou que não está para brincadeira, virou 8.262 segundos com motor aspirado, andando somente no metanol. Terminou em sexto, pois essa categoria é dominada pelos motores turbo, mas com um "xixi de rato" vai andar na casa dos 7 segundos com certeza!

     Ele e o Klebinho estão desenvolvendo o motor para andar na ST, e já de cara mostrou que tem muito potencial!

    O Baiano sempre faz bonito, ficou em segundo na categoria 7.8 segundos, andando praticamente todas na casa dos 7.8 segundos e acertando quase todas as reações abaixo de 0.050! Praticamente um relógio suíço!! Parabéns Baiano!
     
    Motor 1.9 turbo de rua do Baiano, mais de 500 cv andando também no Etanol!
     
    O Klebinho e o "Durepox" fizeram bonito na categoria 7.5 segundos. O Lemão venceu com o tempo de 7.572s de pista!! Parabéns Bunda, já estreou bonito!!
     
     O carro tem mecânica de DT-B! Um canhão de 750cv!!

     Nosso parceiro Edvan, andando pela equipe Espaço Motor, andou na casa dos 5.9 segundos e venceu a categoria, único DT-A nos 5s nesta prova. Parabéns Ed!!

    Da esquerda para a direita; Edvan com seu filho João Lucca no colo, Chis, Kle e Renan! Parabéns galera!!
     
    É isso cambadinha! Que venha o campeonato paulista no ECPA, que Deus nos proteja e faça de 2018 um ótimo ano na arrancada e na vida de todos! Grande abraço!!
     
    Fotos: ProNegs, DG e DragsterBrasil e pessoais (clique nas fotos).